quarta-feira, 24 de março de 2010

Vereadores e o aumento

Na semana passada alguns dos nossos queridos vereadores votaram a favor do aumento do salário (deles mesmos). A aprovação foi de 4,36% de reajuste no sálario, que passaria de R$5.724 mil para 5.973 mil, além de aumento para os cargos comissionados também - um sálario muito pequeno, é claro, muito pouco para uma pobre pessoa, quem consegue viver com pouco mais de 5 mil por mês?! Isso é um absurdo, coitados.

Pois bem, a população que não ficou nada contente com a aprovação do reajuste, e justamente por isso, os vereadores que votaram a favor pro aumento encaminharam ao prefeito Homero Barbosa Neto, um pedido de revogação do reajuste, que eles mesmos proporam. Vai entender, né?
Abaixo, segue os nomes dos vereadores que votaram a favor do aumento: Amauri Cardoso, Gerson Araújo, Jairo Tamura, José Roque Neto, Pastor Renato Lemes, Paulo Arildo, Rony Alves, Roberto Fortini, Rodrigo Gouvêa, Sebastião dos Metalúrgicos e Tito Valle. Além de Sandra Graça e Ivo de Bassi que abstiveram-se.
O único vereador a não votar foi Joel Garcia que está preso.
Eu creio que o aumento do sálario pode até ocorrer mais a diante, porém, os vereadores ainda precisam merecer um pouco mais, pois o "movimento" na câmara tá bem fraco.

2 comentários:

Anônimo disse...

que gozado voce é como o vereador detido vai votar .
precisa ficar claro ?
É incrivel como estão batedo na camara .
Lembre-se fora os vereadores capachos do governo municipal atual , essa camara tem edis descentes e dispostos a bom trabalho.
Porque não pagr bem melhor os vereadores e exigir que todos sejam atuantes e trabalhadores ??
Pense nisso

eduarda disse...

Não foi uma atitude moral a reunião secreta,porém a reposição da inflação é um direito dos trabalhadores e foi proposto legalmente.E se os vereadores estão mostrando serviço ou não,quem os colocou nesse cargo foi a própria população.Vamos fugir do senso comum.