sexta-feira, 10 de julho de 2009

Greve à vista, a prazo, a maracutaia, a qualquer jeito...

E o transporte coletivo de Londrina poderá antrar em greve na próxima semana. De acordo com o presidente do Sinttrol, João Batista, sindicato que favorece mais aos empresários do que os próprios motoritas, disse que para a greve iniciar falta a votação formal dos funcionários.

A "categoria" reivindica 6% de reajuste salarial, porém as empresas dizem que só podem fazer o reajuste se houver aumento na tarifa. O que é um absurdo. O reajuste deve ser feito sim! E um reajuste salarial maior, pois isso tem condições de ser realizado sem que haja nenhum aumento na tarifa!

Já não é de hoje que este sindicato favorece os empresários do setor. Isso é um afrontamento para que suba o valor da tarifa de ônibus.

Tenho amigos e conhecidos que trabalham na Grande Londrina e na Francovig, e todos dizem que isso é "encheção de linguiça", todos eles já disseram que um valor de reajuste de 6% não nenhuma vitória, sendo que o próprio Sinttrol, fez com que eles perdessem as suas maiores conquistas. Como todos me disseram:

"Esse sindicato só funciona para ganhar dinheiro nas nossas custas!"

Não ao aumento da Tafira do Busão!


2 comentários:

Historicizando disse...

fala Arthur!

cara quanto a sua última frase tenho que contrariar você.

o Sindicato dos trabalhadores defendem a categoria dos trabalhadores, não a população como um todo. Não estou defendendo o sindicato, mas é que conheço bem as estruturas deles e sei como funciona. Acontece com todos os sindicatos bem administrados. veja o sindicato dos bancários por exemplo, é outro exemplo de defesa dos trabalhadores.

Agora por outro lado tem os sindicatões amarelos que te conto pessoalmente quais são e como operam....

Mas quem tem o DEVER de defender a população é o prefeito e os nobres vereadores.

Eles são pagos para acharem uma solução, mas infelizmente.........

Nos falamos...

Precisamos marcar uma conversa abraços.

Arthur Montagnini disse...

Ah sim, eu também concordo com vc Rodrigo. Pois existem os que prestam e aqueles que não prestam pra nada. rs Como em tudo na vida.

Mas quanto a frase, eu apenas repassei o que meus amigos que trabalham nas Empresas me disseram, a frase foi deles, que são os que deveriam ser beneficiados.. rs

Mas vamos marcar sim, me dá um toque, abraço!